Quarta-feira, 4 de Março de 2009

Ditadura judicial em democracia

          Penso que mais perigoso do que o poder político interferir no poder judicial, são os órgãos judiciais fazerem política. A razão é simples: os políticos nós elegemos, censuramos nas urnas, podemos criticar abertamente. Um político corrupto, desonesto e incompetente, mais tarde ou mais cedo, acaba, pelo menos, julgado pelo povo. Relartivamente aos agentes judiciais nada disso acontece...

          Em Portugal, sob o pretexto da total independência, temos um sistema judicial profundamente antidemocrático (...) Nunca entendi aquelas pessoas que dizem: "confio na Justiça!". Confiam em quem? Na balança? Eu não confio na Justiça. Confio em algumas pessoas, mas desconfio profundamente de outras, que mais do que fazer Justiça adoram protagonizar grandes enredos políticos, mas sem se submeter ao jogo democrático. Numa verdadeira Democracia, é inaceitável que exista uim poder tão importante como o judicial, que esteja totalmente à margem da fiscalização popular.

 

 

Retirado do Jornal de Notícias de 29 de Janeiro de 2009

          (http://31daarmada.blogs.sapo.pt/)

publicado por SINDICATO VERMELHO às 14:58
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O BOBO QUE TEIMA EM APARE...

. Nixon queria retirar Alle...

. Parecer sobre barragem "é...

. Alastra a pobreza em Port...

. Movimento Popular de Dese...

. MUROS DO NOSSO DESCONTENT...

. Posição do PCTP/MRPP sobr...

. JANTAR CONVÍVIO PELA REVO...

. Neoliberais

. Será que todos os juízes ...

.arquivos

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Maio 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.LIGAÇÕES

blogs SAPO

.subscrever feeds