Quarta-feira, 13 de Outubro de 2010

O BOBO QUE TEIMA EM APARECER

O bobo da corte tinha um estatuto especial, na Idade Média. Era o único que podia dizer ao rei algumas verdades inconvenientes sem correr o risco de perder a cabeça (literalmente). Funcionava como um "contra-poder". Seria de esperar que as democracias não precisassem de "bobos da corte", mas em Portugal há pelo menos um que teima em aparecer. Ontem, disse que se devia proibir o comunismo e acabar com o representante do Governo na Madeira. Há quem diga que entalou o seu próprio partido, que não o consegue silenciar. Mas a coisa não é mais do que um fait divers - fora da Madeira, ninguém leva a sério João Jardim. É por isso que este "bobo" é pior do que os do antigamente: esses ainda serviam para alguma coisa.

 

Ricardo Simões Ferreira

Editor executivo do "24 horas"

 

In "Global" (17 de Julho de 2009)

publicado por SINDICATO VERMELHO às 14:57
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O BOBO QUE TEIMA EM APARE...

. Nixon queria retirar Alle...

. Parecer sobre barragem "é...

. Alastra a pobreza em Port...

. Movimento Popular de Dese...

. MUROS DO NOSSO DESCONTENT...

. Posição do PCTP/MRPP sobr...

. JANTAR CONVÍVIO PELA REVO...

. Neoliberais

. Será que todos os juízes ...

.arquivos

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Maio 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.LIGAÇÕES

blogs SAPO

.subscrever feeds